Teleconferência e videoconferência são excelentes meios para fazer conference call, mas é importante saber a diferença na hora de escolher

É provável que você pense que teleconferência e videoconferência são praticamente a mesma coisa. E não é bem assim… Essas tecnologias facilitam a comunicação corporativa, porém, funcionam de maneiras distintas.

Se você observar bem, “tele” refere-se ao aparelho de telefone em geral e não ao vídeo. Então você já pode compreender um primeiro sinal para diferenciar teleconferência e videoconferência. Mas neste artigo você entenderá a fundo as diferenças e semelhanças.

O que é teleconferência?

Nada mais produtivo do que um aparelho de telefone, e isso inclui smartphones, para participar de uma audioconferência. E como você sabe, o Áudio ConferenciaCorp permite chamadas de telefone nacionais e internacionais para até 2500 pessoas.

“Mas não estávamos falando de teleconferência?”. Sim, ainda estamos.

Observe

O que define teleconferência é o meio (telefone). Para simplificar ainda mais, quando você utilizar a teleconferência em reuniões corporativas, ainda será uma audioconferência e seguirá praticamente os mesmos passos de acesso.

O que é videoconferência?

Naturalmente, escolher a videoconferência é participar de uma chamada por vídeo. O serviço permite reuniões online com alta definição de áudio e vídeo e os participantes podem conversar enquanto se veem pela Webcam.

Você pode usar o aplicativo para desktop ou para Android e IOS, como smartphones e tablets. E nada impede que você utilize a sala física de videoconferência da empresa para conectar equipes, diretores e clientes com o serviço de videoconferência.

teleconferência e videoconferência

Entenda como usar cada recurso de conferência e qual é mais adequado à sua necessidade

Interação por teleconferência e videoconferência

Até aqui, você já compreendeu as diferenças principais entre teleconferência e videoconferência, certo?

Agora, é importante ressaltar como é a interação em cada serviço, caso este seja um detalhe a se considerar no tipo de reunião corporativa que você realiza.

Teleconferência: os participantes não podem se ver, apenas ouvir, então não há nenhum tipo de interação visual. É impossível ver expressões e linguagem corporal.

Videoconferência: Tudo se baseia no visual, todos podem se ver e conversar. A experiência até aproxima um pouco os participantes, sem perder a formalidade das reuniões corporativas.

Existe compartilhamento de tela em teleconferência e videoconferência?

O compartilhamento de tela individualizado está disponível apenas na videoconferência. Se esse recurso é importante para você, já sabe que não poderá contar com ele em uma teleconferência.

Quando usar teleconferência e videoconferência?

Teleconferência e videoconferência são ferramentas interessantes para conectar contatos do mundo corporativo. No entanto, suas diferenças devem ser consideradas na hora de escolher uma em vez da outra.

Teleconferência

Considere o tipo de interação com os participantes na hora de realizar teleconferência. Por exemplo:

  • Transmissão de resultados
  • Divulgação de informações importantes para a imprensa
  • Comunicados e relatórios
  • Mudanças internas e externas

Videoconferência

De certo modo, a videoconferência é mais indicada para reuniões em que você precisa ter mais contato visual e interação com o participante.

  • Entrevistas de emprego
  • Entrevistas com a imprensa
  • Reuniões com clientes
  • Treinamentos à distância
  • Palestras com perguntas e respostas
  • Vendas e demonstração de produtos

Ainda está difícil confuso entre teleconferência e videoconferência? Imagine a seguinte situação:

O diretor solicitou uma reunião urgente para conversar com todos os membros do departamento financeiro.

É provável que ele precise compartilhar informações visuais, ver a reação de cada participante e obter um nível de interação maior. Entre teleconferência e videoconferência, neste caso, a escolha a videoconferência.

Mas para ajudar a escolher entre teleconferência e videoconferência, sempre se pergunte qual o meio que mais beneficiará os tipos de reuniões realizadas pela empresa. Assim fica mais fácil acertar no serviço que mais atende às suas necessidades!