Calcular o tempo de viagem ajuda a evitar atrasos e é uma maneira de reduzir os custos ao máximo possível

O tempo de viagem é um fator importante para quem tem muitos compromissos corporativos e precisa alinhar cada segundo para não causar atrasos e não passar por apuros.

Se você já tem algumas datas agendadas para viagens nacionais e internacionais, considere que calcular o tempo de viagem começa muito antes de colocar o pé na estrada ou pegar aquele voo!

Não basta saber para aonde você vai: alguns fatores devem ser considerados para ter uma viagem agradável. Confira abaixo conosco!

Saiba a distância

Quando você sabe a distância de uma cidade para outra, é capaz de calcular com maior precisão o tempo de viagem para definir a hora de saída do seu local e a hora de chegada aproximada ao seu destino.

Por exemplo:

São cerca de 100 km do bairro Vila Mariana em São Paulo até a cidade de São José dos Campos, o que resulta em, aproximadamente, 1h30 de carro. Para a reunião que começa às 13h, se você sair às 11h da manhã, chegará às 12h30: meia hora antes do compromisso.

Cuidado com as variáveis

O tempo de viagem pode até ser relativamente curto, no entanto, é possível que variáveis, como trânsito, acidentes, obras na estrada, chuva forte e neblina, acrescentem minutos e até horas a mais no seu trajeto.

Como as reuniões de negócios são importantes e muitas vezes insubstituíveis, atrasar ou não chegar pode custar caro para o orçamento da empresa. Então a dica é: saia mais cedo. Pelo menos 40 minutos antes.

tempo de viagem

Coloque na ponta do lápis tudo que pode influenciar, para mais ou para menos, seu tempo de viagem!

Saiba a velocidade média por hora

Uma boa maneira de calcular o tempo de viagem de carro é fazer uma conta simples: dividir a velocidade média/hora pela distância (km).

Por exemplo:

Na viagem até São José dos Campos, você percorrerá uma velocidade média de 80 km/h pela rodovia e a distância total de São Paulo é de 100 km. Ao dividir 100 km por 80 km/h, o seu tempo de viagem será de 1h25.

Não se esqueça dos pedágios! Some ao total do tempo ao menos uma variável de 10 minutos de parada em cada pedágio.

Saiba o tempo de viagem de avião

Se você programa muitas viagens internacionais, sabe que o voo direto e o com escalas se diferenciam não apenas no preço como também na duração do trajeto:

  • Com escalas: naturalmente será mais longo, embora mais barato.
  • Voo direto: é mais caro, porém, mais rápido.

Quando você calcular o tempo de viagem de avião, lembre-se desse detalhe essencial e escolha o que for beneficiar o seu compromisso e que caiba no orçamento da empresa.

Por exemplo:

Um voo direto de São Paulo para a cidade de Nova Iorque leva cerca de 9h e 55 minutos; já o voo com escalas pode ultrapassar 15h, dependendo da quantidade de paradas.

tempo de viagem

Em viagens de avião, você precisa pensar em: escalas, conexões, check-in, despache de bagagem, filas… Não se esqueça de calcular tudo isso!

Antes de entrar no avião

Quando você calcular o tempo de viagem, observe que há ainda outros fatores que acontecem antes de entrar no avião:

  • A ida até o aeroporto (táxi ou carro próprio),
  • Check-in,
  • Despache de malas,
  • E, provavelmente, filas.

Quando marcar sua viagem aérea, programe-se para chegar no aeroporto ao menos uma hora antes do seu voo. Algumas etapas, como o check-in, podem ser realizadas online em algumas companhias aéreas!

Tempo de viagem de avião

O tempo de viagem de avião é um bom determinante para saber quanto tempo antes você deve chegar para a reunião de negócios.

  • Às vezes, é viável chegar no mesmo dia e ir direto do aeroporto: que tal chegar ao menos 2 horas antes para se localizar e chamar um táxi?
  • Se o voo for longo demais: que tal chegar um dia antes para não estar cansado e preparar a apresentação?
  • Chegar mais de 2 horas antes e ir para um hotel primeiro e depois se deslocar para a reunião.

Como você pode ver, o tempo de viagem pode passar por muitas variáveis, seja de carro ou de avião e você deve estar preparado para possíveis problemas, como cancelamentos de voos, engarrafamentos e até mesmo não conseguir chegar.

A dica é:

Substitua calcular o tempo de viagem e gastos com deslocamentos por uma videoconferência, que, além de reduzir o estresse, permite que você gaste menos tempo e dinheiro na rotina de reuniões corporativas!